PLANO
INDIVIDUAL

Mensal

R$ 33,90

Anual com desconto

R$ 406,80

Sem carência para emergências e atendimento de urgência

Plano
Empresarial

Mensal

R$ 22,90

A partir de 3 vidas

Possibilidade de isenção de carência. Inclui documentação Ortodôntica

Ligação gratuita
Fale com um consultor:

(11) 4003-3644

Nós ligamos para você


* Apenas para pessoa física

Coberturas

Coberturas

Emergências e Urgência

Tratamento de canal

Restauração

Extração de siso

Obturação

Limpeza

Cirurgias

Documentação

Exames

RECEBER LIGAÇÃO
plano odontológico

plano odontológico

plano odontológico

Plano odontológico: saiba tudo sobre ele

Especialistas recomendam que as consultas sejam feitas, pelo menos, semestralmente. Isso porque é preciso realizar a avaliação geral da cavidade interna da boca e uma limpeza mais profunda que a realizada diariamente com a escovação em casa. E todo mundo sabe que tratar da saúde bucal é essencial, porém, esse cuidado pode custar bem caro nos consultórios particulares. Desse modo, com o objetivo de economizar, uma boa opção é contratar um plano odontológico específico.

De maneira geral, as pessoas pensam que basta se consultar com o dentista uma vez por ano para evitar problemas bucais. No entanto, existem outros fatores que provocam a necessidade de visitas mais frequentes, como o envelhecimento dos dentes e alguns hábitos alimentares diários.

Até mesmo os procedimentos mais simplificados e baratos podem pesar no bolso de algumas pessoas. Aliás, caso o dentista analise e tome nota de um problema bucal mais grave, então a conta final pode sair bem elevada. Por conta disso, a melhor saída é contratar um plano odontológico para evitar e tratar as doenças bucais.

Conheça a cobertura oferecida pelo plano odontológico

Dados de pesquisa apontam que mais de 25 milhões de pessoas no Brasil já conta com algum tipo de plano odontológico. Segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS), tal número ainda pode saltar para 50 milhões. Isso significa que as pessoas cada vez mais irão atrás de tratamentos em clínicas conveniadas aos planos dentais aos quais contrataram.

É necessário destacar, ainda, que a cobertura de cada plano vai variar de acordo com a modalidade contratada pelo cliente. No entanto, a ANS pede uma lista mínima de procedimentos odontológicos que todos os convênios precisam fornecer aos seus clientes, no qual estão incluídos os seguintes procedimentos:

  1. Procedimentos de nível médio: colagem de fragmentos, curativos, periodontia (tratamento e cirurgia da gengiva) e suturas;
  2. Procedimentos de nível alto: cirurgias de pequeno porte, endodontia (tratamento de canal), biópsia e exodontia (remoção dos dentes);
  3. Radiografias: radiografia periapical (exame de coroas, raízes e ossos dos dentes), radiografia oclusal, cujo objetivo é acompanhar o nascimento e crescimento do dente, e radiografia bite-wing, que busca verificar o alinhamento entre as arcadas dentárias);
  4. Procedimentos de nível baixo: consulta inicial para avaliação, profilaxia (limpeza), restauração, tratamento de cáries, aplicação de flúor e remoção de tártaro.

Plano odontológico e as informações mais importantes

plano odontológicoOs planos odontológicos funcionam de forma extremamente parecida com o plano de saúde comum. Dessa forma, o beneficiado deve pagar um valor mensal para ter direito ao atendimento odontológico com a rede de profissionais conveniados. Em tal contexto, cada plano odontológico apresenta uma cobertura distinta, segundo o valor da mensalidade paga pelo beneficiado. Por conta disso, alguns cobrem somente os procedimentos mais simples, segundo a lista estipulada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) enquanto outros também realizam a cobertura de procedimentos mais complexos.

É necessário lembrar, ainda, sobre as questões de carência e reembolso. Em alguns casos, o tempo de espera pode ser bem longo para realizar um simples tratamento de canal, por exemplo, levando cerca de 120 dias. Por conta disso, caso exista urgência no tratamento odontológico, vale a pena pensar em contratar um plano sem carência. De qualquer maneira, o período de espera para a realização dos procedimentos pode variar muito de plano para plano.

Sobre o reembolso, é muito difícil que um plano odontológico forneça caso o paciente decida se consultar com um dentista não credenciado. Em tal caso, é melhor realizar o procedimento desejado pelos profissionais conveniados pelo plano. Outro ponto importante é que, em alguns casos, a seguradora pode exigir do beneficiário uma autorização antes que certos procedimentos sejam feitos. Sendo assim, ele necessita ir até à sede do convênio buscar a autorização. Então, na hora de escolher um plano odontológico específico, é importante levar em conta a localização dele.

Tratamentos cobertos pelo plano odontológico

Ao longo de toda a vida, as pessoas podem adquirir problemas ou doenças bucais que necessitam de auxílio profissional com tratamentos odontológicos. Se não forem cuidadas, tais doenças podem se desenvolver, podendo provocar o enfraquecimento ou a perda parcial ou total dos dentes. Por conta disso, se torna necessário dar uma atenção especial para a saúde bucal, não apenas por motivos estéticos como também por fatores de saúde.

De tal maneira, para prevenir e cuidar desses problemas por meio do plano odontológico, os dentistas costumam fornecer diversos tratamentos odontológicos para que os pacientes tenham dentes saudáveis e bonitos. Para conta disso, os procedimentos mais feitos todos os dias nos consultórios odontológicos são os seguintes:

  1. Tratamento de gengiva: a periodontia, chamada também de tratamento de gengiva, serve para desinflamar a região gengival. Para isso, o dentista costuma realizar a limpeza nos dentes, eliminando tártaros e placas bacterianas. Em casos no qual o paciente apresenta a gengiva bastante inflamada, o profissional pode também receitar antibióticos e anti-inflamatórios;
  2. Tratamento de canal: a endodontia, conhecida como tratamento de canal, auxilia a promover a limpeza no interior do dente cuja cárie alcançou a raiz. Esse tratamento é feito ao inserir limas, que são agulhas bem finas, no dente para retirar a polpa infectada, realizando também a limpeza e descontaminação na região;
  3. Tratamento de mau hálito: para tratar o mau hálito, o procedimento básico na clínica por meio do plano odontológico é realizar um diagnóstico do paciente, baseando-se nos hábitos diários, sintomas e histórico de doenças. Também podem ser pedidos exames clínicos para descobrir se existem doenças na cavidade oral ou pouco fluxo de saliva. Depois de concluir o diagnóstico, o dentista decide qual será o melhor tratamento para o caso, já que não existe um padrão para a realização do tratamento de mau hálito;
  4. Limpeza: a profilaxia realizada pelo plano odontológico é voltada para remover as placas bacterianas, invisíveis a olho nu, e as placas bacterianas calcificadas, que são chamadas de tártaro. A limpeza promove a manutenção ideal da saúde bucal e ainda evita o surgimento de problemas ou doenças bucais mais graves.

Saúde bucal: saiba como cuidar

Para prevenir e também tratar problemas ou doenças que surgem na cavidade interna bucal, a contratação de um plano odontológico é a opção mais recomendada entre todas. Afinal de contas, o cliente inicia o cuidado de maneira correta da saúde bucal, já que tem a seu dispor diversos procedimentos odontológicos disponíveis pela cobertura do convênio. É preciso lembrar que o cuidado ideal com a região bucal é algo que jamais pode ser negligenciado, pois afeta o funcionamento do corpo como um todo.

Com isso, a partir do plano odontológico, é possível cuidar ainda melhor da saúde bucal. Entretanto, além do consultório odontológico, é preciso continuar com hábitos saudáveis em relação à cavidade interna da boca, tais como:

  • Fazer a consulta com o dentista a cada 6 meses com o objetivo de realizar a profilaxia (limpeza) e avaliação geral da saúde bucal;
  • Evitar o consumo de alimentos açucarados e com muito carboidrato;
  • Não fumar;
  • Escovar os dentes, pelo menos, três vezes ao dia, utilizando escova de dente, fio dental e antisséptico bucal;
  • Não negligenciar o aparecimento de possíveis problemas e doenças bucais.

Se o problema do beneficiário tiver envolvimento com a polpa dentária, a única saída para solucioná-lo é com o tratamento de canal. A última ação que o dentista especialista em canal pode realizar é a retirada completa do dente, quando esse já não pode ser tratado nem com a endodontia. A extração completa do dente só é feita quando não existem mais opções de salvar a raiz dental, isso porque o processo de colocação de um novo dente é bem mais longo e bem mais caro.

Plano odontológico e seus benefícios

plano odontológicoComo foi comentado antes, os dentistas indicam que os pacientes visitem o consultório odontológico pelo menos duas vezes ao ano, com o objetivo de realizar a limpeza dental e a avaliação geral para verificar problemas e doenças bucais. No entanto, muitas pessoas ignoram tal recomendação por não saberem que a prevenção, por meio do cuidado ideal, reduz as chances do paciente de desenvolver doenças bucais.

Aliás, os procedimentos disponíveis nos consultórios particulares podem ter um preço alto, então as pessoas só vão ao dentista em último caso. Já com o plano odontológico, o beneficiário não precisa se preocupar com o preço dos procedimentos, já que estão incluídos na cobertura do plano. Em tal sentido, é possível observar que existem vários benefícios ao contratar o plano odontológico, como facilidade para marcar consultas e exames, acesso à urgência e emergência 24h, fora um custo-benefício mais interessante em relação às consultas em consultórios particulares.

Além disso, a variedade de procedimentos odontológicos cobertos também é outro ponto positivo. Afinal, com ele, é possível fazer a endodontia (tratamento de canal), tratamento de gengiva, profilaxia (limpeza), tratamento da halitose (mau hálito), ortodontia, próteses, exodontia (remoção de dentes) e pequenas cirurgias. Todos esses procedimentos são feitos com equipes que são altamente capacitadas e especializadas no assunto, as quais estão disponíveis em todo o território nacional. Dessa maneira, o plano odontológico se mostra super benéfico.

Escolhendo o melhor plano odontológico

Se antes as pessoas iam ao consultório odontológico somente uma vez a cada vários anos, atualmente isso se transformou por conta dos vários tipos de plano odontológico disponíveis. Isso porque, por meio deles, ficou bem mais simples e prático tratar da saúde bucal com um profissional capacitado e de confiança, se tornando também uma experiência ainda mais barata e eficiente.

No entanto, como existem diversas opções no mercado odontológico, optar por um bom plano odontológico pode ser uma difícil tarefa. Dessa forma, é preciso eleger critérios na hora da seleção, para que assim seja possível escolher a modalidade com melhor custo-benefício. Para isso, o recomendado é avaliar os seguintes quesitos:

  • quantidade de procedimentos cobertos pelo plano;
  • qualidade da assistência prestada aos beneficiados;
  • rede de dentistas que atende pelo plano;
  • oferecimento de atendimento odontológico 24h;
  • prazo de carência requerido.

Plano odontológico para o tratamento de canal

Por se tratar de uma área escura e úmida, a boca é um ambiente bem propício para desenvolvimento e acúmulo de bactérias com maior facilidade. De tal maneira, é extremamente importante aderir aos cuidados básicos de higiene com a cavidade interna da boca. Isso porque, caso a higienização diária não seja feita de forma correta, existe a chance de ter o canal infectado por uma cárie. Quando isso ocorre, o paciente precisa procurar por um dentista para realizar o tratamento de canal, cujo objetivo é descontaminar e higienizar a região.

A cárie é uma doença bucal bem clássica, afetando por volta de dois milhões de pessoas por ano, mas pode ser evitada na grande maioria das vezes. Em tal contexto é importante destacar que os sintomas do canal inflamado impedem que a pessoa consiga levar a vida de forma normal, já que isso afeta diretamente a qualidade de vida. Após a avaliação e diagnóstico que o paciente tem o canal no dente contaminado, o dentista pode começar o tratamento de canal. Em alguns pacientes, é necessário fazer mais de uma sessão para fazer a descontaminação completa. Em tal sentido, é importante destacar que uma sessão costuma levar em torno de 20 a 30 minutos.

Da mesma forma como qualquer procedimento odontológico, o paciente necessita seguir certas recomendações importantes dadas pelo dentista após o tratamento de canal com o plano odontológico, para que assim seja possível ter uma recuperação rápida e um resultado satisfatório. Ainda que não sejam exigidos cuidados muito grandes, a endodontia necessita que o paciente faça cuidados simples, porém essenciais, como evitar mastigar em cima do dente tratado e evitar comer alimentos muito duros.

Aliás, é necessário manter a higienização certa da região da boca todos os dias, utilizando a escova de dente e o fio dental depois das refeições. O enxaguante bucal é mais recomendado na parte da noite, já que, no decorrer do sono, a baixa produção salivar propicia a proliferação de bactérias, então o enxaguante ajuda a manter o local higienizado por mais tempo. Outro ponto muito importante é marcar uma consulta com o dentista a cada seis meses para realizar a limpeza geral dos dentes e check-up geral, ainda que não sinta alguma dor ou irregularidade evidente na região bucal.

Limpeza dos dentes pelo plano odontológico

É consenso no ramo de profissionais da odontologia que as pessoas precisam marcar uma visita com um dentista qualificado e de confiança semestralmente para realizar check-up da área bucal e a raspagem no dente. Ainda que várias pessoas ignorem essa recomendação, é muito lembrar que a prevenção por conta do cuidado adequado reduz muito a possibilidade de aparecerem doenças e problemas bucais, que podem prejudicar de forma bem grave a qualidade da saúde nessa região.

A área da boca conta com várias placas bacterianas que podem sair com a higienização bucal feita todos os dias e adequada ou a raspagem no dente no consultório odontológico. Quando não são tratadas, elas podem gerar placas bacterianas amareladas calcificadas, que é uma das grandes causadoras do mau hálito e a principal causa para o surgimento das inflamações na gengiva.

Em tal sentido, o profissional qualificado de forma correta e de confiança do plano odontológico faz a limpeza na área da boca com o objetivo principal de tirar placas bacterianas e tártaros pelo método da raspagem, já que esses itens são bem prejudiciais à saúde bucal, podendo ocasionar cáries e doenças periodontais. Ao longo do procedimento, os instrumentos usados podem ser pasta profilática, aparelho de ultrassom odontológico, escova rotatória e instrumentos manuais. Já no caso de crianças que não contam com tártaro, o profissional usa somente pasta profilática, escovinha e realiza a aplicação de flúor.

No decorrer do procedimento da raspagem no dente, o paciente geralmente não sente dor, pelo menos que apresente alguma sensibilidade nos dentes. Caso a região da gengiva esteja muito sensível, o profissional pode colocar uma anestesia local antes de realizar a raspagem nos dentes. De maneira geral, o processo é simples e rápido, sendo finalizado em cerca de 15 e 20 minutos.

Com o objetivo de economizar na limpeza dos dentes, o indicado é a contratação de um plano odontológico qualificado, já que assim se torna possível fazer procedimentos na área da odontologia que proporcionem um cuidado certo com a saúde bucal e economizando em tal processo.

Tratando da gengiva no plano odontológico

A inflamação na área da gengiva surge por razão do acúmulo de bactérias dentro da boca, já que certamente o paciente não realiza a higienização bucal da forma mais adequada, então não remove as placas bacterianas. Caso sejam calcificadas, tais placas bacterianas se transformam tártaros, que provocam uma irritação na gengiva e podem causar a inflamação.

Em tal contexto, a gengivite é uma doença bucal que se caracteriza pela inflamação da gengiva, que é a primeiro fase da doença periodontal. Os sintomas da gengivite são diversos, porém, é preciso procurar de forma rápida um dentista de confiança e qualificado pelo plano odontológico ao sentir algum dos sinais do problema. Isso porque, se não for tratada, pode ser desenvolvida a periodontite, que é uma inflamação ainda mais grave da gengiva.

Na hora de agendar e ir a uma consulta com o dentista pelo plano odontológico, primeiro o profissional precisa fazer uma avaliação geral da boca do paciente. Além disso, ele também realiza um questionário para saber mais sobre os hábitos e o histórico de doenças. Em tal caso, é preciso que o paciente fale também os problemas que começou a sentir para que o profissional faça o diagnóstico correto.

Se for a gengivite, os sintomas principais são as gengivas afastadas dos dentes ou separadas, ocasionando o surgimento de uma bolsa entre os dentes, a gengiva inchada, a retração gengival, a presença de um cheiro ruim na boca e o sangramento ao escovar os dentes ou passar fio dental.

Com o objetivo de tratar os sintomas da gengivite, apenas um profissional de qualidade e conveniado pelo plano odontológico pode desinflamar a gengiva e devolver a saúde bucal certa para o paciente. Em tal caso, após o diagnóstico da gengivite, o profissional vai realizar a profilaxia, que é a limpeza completa dos dentes.

Esse procedimento permite que sejam eliminadas as placas bacterianas invisíveis a olho nu, os tártaros e as cáries. Geralmente, tal processo é suficiente para o tratamento da inflamação da gengiva em fase inicial. Por outro lado, o profissional também pode recomendar a utilização de algum dos seguintes medicamentos que são caracterizados como antibióticos, como cefalexina, amoxicilina, flanax, clordox e clindamicina.

Sem mau hálito com plano odontológico

plano odontológicoA halitose é um problema extremamente comum e aparece sempre nos consultórios odontológicos, podendo prejudicar pessoas de qualquer idade e por questões tanto bucais quanto extrabucais. Em tal sentido, antes de conhecer as opções de tratamento pelo plano odontológico para a halitose, primeiro é necessário investigar a causa do seu surgimento por meio de uma consulta com um dentista capacitado e de confiança.

Como certas doenças extrabucais podem ter a halitose como um dos seus principais sintomas, é necessário que as pessoas se conscientizem a respeito das doenças que apresentam o mau hálito como um sinal. Entretanto, se torna necessário destacar que a má higienização bucal diária ainda é uma das principais causas para o aparecimento do problema.

Em tal contexto, é necessário estar sempre atento aos outros sintomas além da halitose que surgirem para que possa relatá-los corretamente ao dentista. Assim, o profissional consegue dar o diagnóstico e tratamento para halitose mais recomendados. De maneira geral, uma das doenças que mostram o mau hálito são as doenças periodontais. É importante ressaltar que a inflamação na gengiva, como a gengivite e a periodontite, é capaz de trazer muitos prejuízos para a região bucal, incluindo o surgimento da halitose.

Aliás, por razão da proliferação de bactérias na boca, as cáries podem aparecer e ocasionar a desmineralização (perda de minerais) no esmalte do dente, provocando também a halitose. As doenças respiratórias, como a rinite, sinusite, bronquite e amigdalite são algumas das doenças respiratórias que provocam a liberação de catarro ou secreção no pulmão, fazendo aparecer o mau hálito.

Outra razão da halitose é o aparecimento de tártaro. Caracterizados como placas bacterianas calcificadas, os tártaros prejudicam a estética do sorriso e a qualidade da saúde bucal, causando o mau hálito e podendo causar a inflamação na gengiva. Além disso, existem as doenças hepáticas, como a cirrose e a insuficiência hepática, que fazem a liberação de substâncias pelas vias aéreas.

Se o diabético parar de tomar a insulina ou não conseguir controlar a doença, ele pode também desenvolver o mau hálito. Outra razão para o problema são as doenças do aparelho digestivo, como o refluxo gastroesofágico e a gastrite, que são capazes de liberar o odor via oral e ocasionar então a halitose. Por fim, há as doenças renais, já que, se os rins não estiverem funcionando da forma que deveriam, o organismo começa a acumular ureia e, no estágio avançado da doença, pode deixar o hálito com cheiro de urina.

Regiões onde atendemos

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Estados onde atendemos

  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende
  • Belo Horizonte
  • Uberlândia
  • Contagem
  • Juiz de Fora
  • Betim
  • Montes Claros
  • Ribeirão das Neves
  • Uberaba
  • Governador Valadares
  • Ipatinga
  • Santa Luzia
  • Sete Lagoas
  • Divinópolis
  • Ibirité
  • Poços de Caldas
  • Patos de Minas
  • Teófilo Otoni
  • Sabará
  • Pouso Alegre
  • Barbacena
  • Varginha
  • Conselheiro Lafeiete
  • Araguari
  • Itabira
  • Passos
  • Serra
  • Vila Velha
  • Cariacica
  • Vitória
  • Cachoeiro de Itapemirim
  • Linhares
  • São Mateus
  • Colatina
  • Guarapari
  • Aracruz
  • Viana
  • Nova Venécia
  • Barra de São Francisco
  • Santa Maria de Jetibá
  • Castelo
  • Marataízes
  • São Gabriel da Palha
  • Domingos Martins
  • Itapemirim
  • Afonso Cláudio
  • Alegre
  • Baixo Guandu
  • Conceição da Barra
  • Guaçuí
  • Iúna
  • Jaguaré
  • Mimoso do Sul
  • Sooretama
  • Anchieta
  • Pinheiros
  • Pedro Canário
  • Bertioga
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe
  • São José dos campos
  • Campinas
  • Jundiaí
  • Sorocaba
  • Indaiatuba
  • São José do Rio Preto
  • Itatiba
  • Amparo
  • Barueri
  • Ribeirão Preto
  • Marília
  • Louveira
  • Paulínia
  • Bauru
  • Valinhos
  • Bragança Paulista
  • Araraquara
  • Americana
  • Atibaia
  • Taubaté
  • Araras
  • São Carlos
  • Itupeva
  • Mendonça
  • Itu
  • Vinhedo
  • Marapoama
  • Votuporanga
  • Hortolândia
  • Araçatuba
  • Jaboticabal
  • Sertãozinho
  • Curitiba
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • Cascavel
  • São José dos Pinhais
  • Foz do Iguaçu
  • Colombo
  • Guarapuava
  • Paranaguá
  • Araucária
  • Toledo
  • Apucarana
  • Pinhais
  • Campo Largo
  • Almirante Tamandaré
  • Umuarama
  • Paranavaí
  • Piraquara
  • Cambé
  • Sarandi
  • Fazenda Rio Grande
  • Paranavaí
  • Francisco Beltrão
  • Pato Branco
  • Cianorte
  • Telêmaco Borba
  • Castro
  • Rolândia
  • Joinville
  • Florianópolis
  • Blumenau
  • Itajaí
  • São José
  • Chapecó
  • Criciúma
  • Jaraguá do sul
  • Lages
  • Palhoça
  • Balneário Camboriú
  • Brusque
  • Tubarão
  • São Bento do Sul
  • Caçador
  • Concórdia
  • Camboriú
  • Navegantes
  • Rio do Sul
  • Araranguá
  • Gaspar
  • Biguaçu
  • Indaial
  • Mafra
  • Canoinhas
  • Itapema
  • Porto Alegre
  • Caxias do Sul
  • Pelotas
  • Canoas
  • Santa Maria
  • Gravataí
  • Viamão
  • Novo Hamburgo
  • São Leopoldo
  • Rio Grande
  • Alvorada
  • Passo Fundo
  • Sapucaia do Sul
  • Uruguaiana
  • Santa Cruz do Sul
  • Cachoeirinha
  • Bagé
  • Bento Gonçalves
  • Erechim
  • Guaíba
  • Cachoeira do Sul
  • Santana do Livramento
  • Esteio
  • Ijuí
  • Alegrete
  • Recife
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Olinda
  • Caruaru
  • Petrolina
  • Paulista
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Garanhuns
  • Vitória de Santo Antão
  • Igarassu
  • São Lourenço da Mata
  • Abreu e Lima
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Ipojuca
  • Serra Talhada
  • Araripina
  • Gravatá
  • Carpina
  • Goiana
  • Belo Jardim
  • Arcoverde
  • Ouricuri
  • Escada
  • Pesqueira
  • Surubim
  • Palmares
  • Bezerros
  • Salvador
  • Feira de Santana
  • Vitória da Conquista
  • Camaçari
  • Itabuna
  • Juazeiro
  • Lauro de Freitas
  • Ilhéus
  • Jequié
  • Teixeira de Freitas
  • Alagoinhas
  • Barreiras
  • Porto Seguro
  • Simões Filho
  • Paulo Afonso
  • Eunápolis
  • Santo Antônio de Jesus
  • Valença
  • Candeias
  • Guanambi
  • Jacobina
  • Serrinha
  • Senhor do Bonfim
  • Dias d'Ávila
  • Luís Eduardo Magalhães
  • Itapetinga
  • Irecê
  • Campo Formoso
  • Casa Nova
  • Brumado
  • Bom Jesus da Lapa
  • Conceição do Coité
  • Itamaraju
  • Itaberaba
  • Cruz das Almas
  • Ipirá
  • Santo Amaro
  • Euclides da Cunha
  • Fortaleza
  • caucacia
  • Juazeiro do Norte
  • Maracanaú
  • Sobral
  • Crato
  • Itapipoca
  • Maranguape
  • Iguatu
  • Quixadá
  • Canindé
  • Pacajus
  • Crateús
  • Aquiraz
  • Pacatuba
  • Quixeramobim
  • São Luís
  • Imperatriz
  • São José de Ribamar
  • Timon
  • Caxias
  • Codó
  • Paço do Lumiar
  • Açailândia
  • Bacabal
  • Balsas
  • Barra do Corda
  • Teresina
  • São Raimundo Nonato
  • Parnaíba
  • Picos
  • Uruçuí
  • Floriano
  • Piripiri
  • Campo Maior
  • Goiânia
  • Aparecida de Goiânia
  • Anápolis
  • Rio Verde
  • Luziânia
  • Águas Lindas de Goiás
  • Valparaíso de Goiás
  • Trindade
  • Formosa
  • Novo Gama
  • Itumbiara
  • Senador Canedo
  • Catalão
  • Jataí
  • Planaltina
  • Caldas Novas
  • Campo Grande
  • Dourados
  • Três Lagoas
  • Corumbá
  • Ponta Porã
  • Cuiabá
  • Várzea Grande
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Tangará da Serra
  • Cáceres
  • Sorriso
  • Manaus
  • Parintins
  • Itacoatiara
  • Manacapuru
  • Coari
  • Centro Amazonense
  • Belém
  • Ananindeua
  • Santarém
  • Marabá
  • Castanhal
  • Parauapebas
  • Itaituba
  • Cametá
  • Bragança
  • Abaetetuba
  • Bragança
  • Marituba